Notícias

Cruzeiro paga um mês de salário dos jogadores e coloca em dia folha dos funcionários

Por Redação, 28/05/2020 às 19:03
atualizado em: 29/05/2020 às 12:09

Texto:

Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro
Bruno Haddad/Cruzeiro

Antes mesmo de tomar posse oficialmente, o presidente do Cruzeiro, Sérgio Santos Rodrigues, já começou a colocar a mão na massa no clube. Nesta quinta-feira, o mandatário utilizou-se de uma live no canal oficial da Raposa para anunciar que pagou os salários do mês de março dos jogadores e colocou em dia a folha dos funcionários do setor administrativo.

“Queria informar, com muita satisfação, embora nossa posse só seja em 1º de junho, a gente chegou aqui no Cruzeiro sabendo da dificuldade dos salários atrasados. Duas folhas dos atletas e uma folha dos funcionários. A gente já fez o contato com os atletas do clube, que já receberam a folha de março. Só existe uma folha em atraso e estamos trabalhando para quitar ela na semana que vem. E ainda muito bem pagamos a folha do administrativo do Cruzeiro. Hoje os funcionários não têm salário em aberto”, disse o presidente celeste.

Os salários da equipe feminina e dos jogadores das categorias de base do clube também foram colocados em dia.

Sérgio Santos Rodrigues informou que o dinheiro para fazer os pagamentos foi obtido por meio da renovação do contrato de patrocínio com o Supermercados BH. A rede do empresário Pedro Lourenço, que também é conselheiro do clube, continuará como patrocinador máster em 2021, ano do centenário do Cruzeiro.

Desta forma, agora fica pendente apenas a folha de abril dos jogadores do elenco profissional, que venceu no início deste mês. Vale ressaltar que o pagamento de maio dos atletas vence no fim da próxima semana (5 de junho).

Na mesma live, Sérgio Santos Rodrigues anunciou que pagou a dívida com o Zorya, da Ucrânia, pela compra do atacante Willian ‘Bigode’, em 2014. O caso estava na Fifa e o Cruzeiro tinha até esta sexta-feira (29) para quitar o débito. Se não pagasse, o clube celeste seria punido novamente com a perda de seis pontos na Série B do Campeonato Brasileiro. De acordo com o repórter Samuel Venâncio, da Itatiaia, o débito de 1,750 milhão de euros (aproximadamente R$ 10 milhões) foi quitado parcialmente, porque a outra parte ainda está em julgamento na Fifa.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    "A família me procurou no início do mês, estava preocupada por ele estar sem advogado", explicou o advogado #itatiaia

    Acessar Link